Principal
Empresa
Candidatos
Vagas de emprego
Cursos
Contato
Depoimentos
(Seu e-mail não será publicado!)
(Brasilia - DF)
Depoimentos
"Tem um restaurante em Taguatinga, no pistão sul, que não lava a caixa d´agua, a mesma é pega nos córrego da via staúdio. "
Emilio
Taguatinga
"Eu nunca pago 10% porque acho isso um absurdo tendo em vista que eles já recebem salário. Não fazem mais nada do que a obrigação, então para quê pagar 10%? Eu não sou garçon, trabalho com atendimento ao público e não ganho 10%, porque eles querem ganhar?"
Torres
"Não sei do que esse povo reclama... Em Brasilia as pessoas mal olham nos olhos das outras. Tratam garçons e pessoal de limpeza como se pessoas não fossem e querem ser bem tratados? Nunca fui maltratado por ninguem. Será que é por causa do \"bom dia\" e do sorriso que sempre me acompanham?"
Autor: Alan
"Ninguem e obrigado a pagar os 10 por cento,Gente eu tive uma ideia, vamos para de pagar os 10 por cento,quem sabe depois disso essa situação pode mudar em,vamos tentar,que tal? Um abraço a tds do Gama"
marcos
"Simples: sem bom atendimento = sem pagar 10% e a não voltar mais. E ainda deixar bem claro por gerente."
Paulo
"O atendimento em toda Brasília é um lixo mesmo. Se quiser ser bem atendido terá que ir a algum local do lago sul que seja bem caro. Ou então mude de cidade. Sofro com isto a 16 anos desde que mudei para Brasília. Pêsames a todos moradores da capital."
Miranda
"Os restaurante de Brasília, salvo algumas exceções, possuem péssimo atendimento, pouca qualidade e preços elevados que não corresponde com o produto oferecido. Quem conhece São Paulo ou Rio, sabe disso."
Mara
"O Beirut da Asa Sul tem os piores garçons e o pior atendimento que já vi. Nunca mais coloco meus pés naquele barzinho de quinta."
Pedro
"É lamentável o nível de mão de obra oferecido por esses estabelecimentos. É não é só bares e restaurantes, lojas,mercados,padarias etc. Uma total falta de vontade e profissionalismo daqueles que tem por OBRIGAÇÃO!! Nunca vi uma cidade tão despreparada assim. Chega a ser cultural tratar mal a todos!!"
Neto
"a culpa não é dos garçons e sim dos donos que colocam 1 para cada 35 pessoas, os foçam a trabalhar mais de 10 em pé por salario minimo gorjetas, os 10% nunc asão repassados para os mesmo, entram no lucro do estabelecimento, por isso hoje ninguem mais quer ser garçom"
Nascimento
"presentinho de cortesia: uma pizza cuspida!! pode crer..."
Maria
"Tem que fazer assim:reclamar, nunca mais voltar e fazer propaganda \"negativa\"."
Janete
"Rodrigo 27 de novembro de 2013 at 17:49 Fui ao Nau com minha namorada no último fim de semana e também recebi um atendimento caótico, pois o restaurante estava com lotação máxima. O que geralmente acontece aqui em Brasília é o estabelecimento ter um número máximo de mesas mas se preparar para atender somente a uma média de clientes ao mesmo tempo. Ou seja, pouquíssimos restaurantes estão prontos para funcionarem em sua capacidade máxima, e economizam na matéria prima e no número de funcionários por questões financeiras. Infelizmente passam uma primeira impressão ruim e muitas pessoas não retornam por conta disso. É uma pena, pois eu sou um desses clientes que não pretende voltar por um bom tempo. Sobre a comida, não achei ruim e até gostei dos preços, mas a demora para servirem foi tão grande que não recomendo o lugar."
Rodrigo
"Fui no NAU hoje (18/01/2014). Antes de ir, li suas considerações. Fiquei um pouco receoso, mas resolvi encarar. O restaurante estava vazio e parece que todos os problemas de atendimento melhoraram. Fui muito bem atendido. Garçom educado, atencioso e o pedido veio muito rápido. O que demorou mesmo foi a conta, uns 10 minutos para trazerem. Pedi o Camarão NAU estava bom, mas achei um pouco salgado. Ah…o ar condicionado estava muito forte, um pouco desconfortável ficar no salão. Minha mãe fez um ünico comentário sobre tudo: ela não gostou dos uniformes…rs…achou muito triste. Excelente blog parabéns!"
Rodrigo
"O Nau, na minha opinião, é um genérico do Cocobambu e utiliza a mesma técnica deste: faz uma gororoba, chama de gourmet e cobra fábulas. Pode reparar, todos os pratos do cardápio são iguais, é uma mistureba de arroz com camarão com queijo com batata palha. Detesto."
Marla
"Olá, Vi seu post agora por acaso, na minha opnião o problema no atendimento é um problema do povo da cidade tanto os que servem como nos que são servidos.O espaço do Nau é muito bom, o problema da fila de espera é a quantidade de pessoas que estão lá no horário que voce foi assim como no Mangai ou em qualquer restaurante de qualidade em Brasília ou em qualquer lugar do Brasil. Acho que reclamar por reclamar não é legal, a comida de lá é perfeita o preço para o que é oferecido também não é injusto visto que os alimentos servido lá são todos originalmente do nordeste e isso tem seu custo. Estou defendendo como consumidora que viu uma casa cheia para almoço até ás 5h da tarde com uma comida de excelente qualidade, que só por este motivo ja mereçe todo reconhecimento."
Larisa
"Gastou o dinheiro todo no prédio não sobrou para treinar os funcionários. (A moqueca teria demorado 1h)"
Gislene
Página única
Desenvolvido pela Head Trust